Surfando na onda azul e rosa...! Em São Paulo/SP, a escola de samba, Rosas de Ouro, terá ensaio livre para homens de rosa e mulheres de azul.

by - quarta-feira, janeiro 09, 2019

Surfando na onda  azul e rosa...! Em São Paulo/SP, a escola de samba, Rosas de Ouro,  terá ensaio livre para homens de rosa e mulheres de azul.

Rosas de Ouro terá ensaio livre para homens de rosa e mulheres de azul

Hum...! Virou festa...! Pois é, em São Paulo(SP), a escola de samba Rosas de Ouro,  fará um ensaio com entrada gratuita para homens que forem vestidos de rosa e mulheres que forem vestidas de azul nesta quarta (09/01). O evento acontece às 2:00 hs, na quadra da escola, e quem não quiser participar da brincadeira paga R$ 20 para entrar. Aa iniciativa, trata-se de uma resposta da agremiação à declaração que a ministra,  Damares Alves(da Mulher, da Familia e dos Direitos HumanosO)  fez na semana passada, dizendo que estamos em uma "nova era no Brasil", na qual "menino veste azul e menina veste rosa". "A gente quer se posicionar em função de que a gente usa o que quer, a cor que quer", diz Osmar Costa, vice-presidente da Rosas de Ouro. "Isso não pode ser uma coisa impositiva." Costa conta que alguns integrantes da escola reagiram de forma equivocada à declaração. "Não é todo brasileiro que é bem letrado, alguns acharam até que isso poderia virar lei", diz. "A gente resolveu surfar na onda." A fala da pastora e nova ministra do governo Bolsonaro no Brasil,  repercutiu nas redes sociais em todo mundo. Publicações no Twitter e no Instagram traziam as hashtags #cornãodefinegênero e mostravam homens de rosa e mulheres de azul. Damares diz que frase foi apenas uma metáfora. "É uma metáfora, tudo bem, mas poderia ser colocada de outra forma", diz Costa. "A gente não quer afrontar ninguém, mas quer manter a alegria do Carnaval e honrar as nossas cores." No Carnaval deste ano, no Sambódromo do Anhembi, a escola desfila na madrugada de sábado (02/03) para domingo (03/03) com o samba-enredo "Viva Hayastan!", em homenagem ao povo armênio.


Fonte: Folhapress.

You May Also Like

0 Comments