Bombando...! Em ofensiva por mercado americano, F-1 faz festa e leva shows a GP

by - quinta-feira, outubro 18, 2018


Em ofensiva por mercado americano, F-1 faz festa e leva shows a GP


Hum...! Causando...!Pois é, que a Fórmula 1 sempre esteve de olho no mercado norte-americano, não é novidade pra ninguém. A categoria fará a 48ª prova nos EUA neste final de semana, em Austin, que é a décima casa diferente do GP dos EUA na história e recebe a etapa desde 2012. Mas a maneira de tentar atrair os norte-americanos está mudando sob o comando da também americana Liberty Media, que assumiu o controle da F-1 no começo do ano passado.Em vez de usar os próprios carros e pilotos para fazer o esporte crescer na América, a nova estratégia é bem conhecida nos EUA: vender entretenimento.Tudo começou com o show da belissima  Taylor Swift no GP dos EUA de 2016. Os organizadores abriram o cofre para ter uma das poucas apresentações da cantora naquele ano, e bateram recorde de público. No ano seguinte, a receita foi repetida com o tudo de bom.com,  Justin Timberlake, ao mesmo tempo em que a Liberty apostou forte em entretenimento na chamada fanzone e fez um show à parte no grid, com os pilotos sendo apresentados pelo narrador de lutas de boxe Michael Buffer, além de colocar um touro mecânico no paddock.Nesse ano , o GP dos EUA terá shows em dose dupla: Britney Spears tocará no sábado (20/10) e Bruno Mars, no domingo (2/101). Como todas as pessoas que comprarem ingressos para os três dias terão direito de acompanhar ambos os shows, isso significa que, por R$ 700, preço do ingresso mais barato para 3s dias,  é possível ver a corrida e as apresentações.

Fonte: Noticia ao Minuto
Foto: reprodução/Reuters

You May Also Like

0 Comments