quinta-feira, fevereiro 22, 2018

Falando sobre...! Em Umarizal(RN), vereadora reconhece o fechamento de escola e turno de ensino, como retrocesso na educação municipal



Hum...! Falando nisso...! A vereadora Neide de Marcos( PSD), que também esteve presente na leitura anual da prefeita Elijane Paiva(Dem), falando sobre a mensagem da Chefe da Executivo, reconheceu as dificuldades imposta pela crise a gestão, lembrando que essa crise não é de hoje, e que outras gestões também viveram momentos dificieis e que as dificuldades não são privilégios da atual gestão. A Parlamentr ainda destacou a ausência da prefeita Elijane Paiva, no município: “Eu sei que a Prefeita tem outras funções, mas talvez por vossa excelência não poder estar no meio do povo e que muitas vezes geram uma insatisfação popular e a cobrança também. Digo isso, não criticando a pessoa da prefeita, mas como vereadora do povo que sou, é o que o povo me fala pelas ruas do nosso município, por onde ando diariamente. O nosso povo sente falta daquela presença da Prefeita em uma palestra, em uma visita...”, destacou a vereadora. Neide de Marcos (PSD) ainda ressaltou que na gestão da prefeita Elijane Paiva, assim como outras as gestões na educação municipal, também teve os seus avanços, mas também houve os seus retrocessos, “Tendo como exemplo a Escola do Sítio Água Branca – Zona Rural, que não irá mais funcionar e será fechada, assim como, o turno vespertino da Escola Municipal Tancredo Neves, na Zona Urbana de Umarizal, que irá encerrar os seus trabalhos. Isso é um grande retrocesso na educação municipal”, finalizou a vereadora.

Fonte: BlogUmarizalCompleto