segunda-feira, outubro 09, 2017

Só na paquera...! PSB flerta com Ciro


Hum...! Na paquera...! Pouco mais de 3 anos após a morte do saudoso ex-governador Eduardo Campos(PE) em plena campanha presidencial, o PSB abriu canais de diálogo com Ciro Gomes (PDT), Marina Silva (Rede) e Geraldo Alckmin (PSDB) para 2018 e ensaia uma “volta às origens” de centro-esquerda fazendo oposição ao governo do PMDB, revela reportagem do Estadão na sua edição de ontem, domingo dia (08/10) . Segundo o que os repórteres levantaram, a cúpula da legenda aguarda para as próximas semanas uma debandada de deputados governistas. Dirigentes calculam que entre 12 e 18 dos 36 deputados devem deixar o partido para continuarem na base do governo Michel Temer. Essa será a senha para o PSB reforçar o discurso de que voltou às suas origens de centro-esquerda. O PSB rompeu com a então presidente Dilma Rousseff em 2013, quando lançou Eduardo Campos. Em 2015 apoiou o impeachment da petista