segunda-feira, outubro 09, 2017

Coisa nossa...! MasterChef faz prato inspirado em Carmem Miranda, no Espaço Terroir do Sebrae




Hum...! Sabores Brasil...! Uma das proteínas mais complicadas para elaborar pratos devido ao forte sabor e delicado ponto de cozimento, o camarão, recebe destaque na programação técnica do Espaço Terroir do Sebrae na 55ª Festa do Boi. A chef mineira Raquel Novais, que ficou conhecida em todo o Brasil por participar da edição 2016 do programa MasterChef Brasil e ficar entre os 3 finalistas da competição, ministra uma oficina gastronômica com camarões orgânicos. A capacitação está prevista para começar às 18h30min. Informações sobre a programação podem ser conferidas no site www.rn.sebrae.com.br/terroir ou pelo 0800 570 0800. Desde a abertura do evento, ela vem mostrando técnicas e conhecimento ao liderar oficinas gastronômicas. No domingo (08/10), ela ministrou uma oficina de massas e vegetais orgânicos. Nesta segunda-feiA( 09/10), Raquel Novais vai repassar dicas ao preparar um prato de camarão com chuchu, receita que ficou famosa depois da música ‘Me disseram que voltei americanizada’, sucesso cantado por Carmem Miranda.A pequena notável fala na letra da canção ‘Eu sou do camarão ensopadinho com chuchu’, referindo-se ao vínculo com a comida quando se está fora da terra natal. A versão do prato de Raquel Novais terá camarões orgânicos confit e um carpaccio de chuchu. Raquel Novais se destacou no programa por demonstrar inteligência, aliando simplicidade e técnicas nas provas do MasterChef. Tanto que venceu cinco provas individuais e ganhou quatro vezes as provas em equipe. Ela teve um bom desempenho ao elaborar pratos com o pato com tucupi, coelho e lula. São esses conhecimentos que Raquel Novais deve repassar ao público que for à oficina na Festa do Boi. Na terça-feira (10), a mineira ministra outra oficina gastronômica, só que, dessa vez ao invés de crustáceo, ela vai usar molusco: ostras orgânicas.Nomes importantes da gastronomia nacional têm passado pelo Espaço Terroir. É o caso da renomada sommelière paulista Gabriela Monteleone, que ministrou uma oficina de harmonização de queijos e vinhos. Na capacitação, realizada no sábado(07/10), ela aprofundou aspectos sensoriais e gustativos para uma plateia de apreciadores e profissionais ligados à gastronomia. Foram abertos vinhos de várias procedências, nacionais da serra gaúcha e de países, como o Chile, e tipos de uva, que harmonizaram com queijos de leite de cabra, como o cacauzinho e azul do bosque da Capril do Bosque, de Joanópolis/SP e arupiara, de Taperoá, na Paraíba. Foram degustados também pequenas porções de um queijo de coalho novo, o Nobre, do Estado de Pernambuco e o premiado tulha da Fazenda Atalaia, do município de Amparo, interior paulista.