quinta-feira, setembro 14, 2017

Pensando diferente...! Reynaldo Gianecchini relembra câncer e se emociona: "Eu recebi tanto amor"


Reynaldo Gianecchini relembra o momento da descoberta e o tratamento do linfoma  (Foto: Ramon Vasconcellos/TV Globo)


Hum...! Pensando diferente...! O ator tudo de bom.com, Reynaldo Gianecchini, foi o grande entrevistado do Conversa com Bial, que foi ao ar na telinha do plim plim, nesta quarta-feira, ( 13/09). Ao lado do mestre espiritual Sri Prem Baba, o ator revelou como a espiritualidade o ajudou a superar o câncer do tipo linfoma não-Hodgkin, que enfrentou em 2011. Gianecchini contou que vem de família católica, mas que teve a oportunidade de experimentar outras religiões: " Minha família veio do Catolicismo, mas curiosamente a gente passou pelo Espiritismo. Tínhamos muitas experiências práticas, com curandeiros, lá em Birigui [interior de São Paulo]. Então eu tive umas experiências muito bonitas com o Espiritismo. E eu sou muito curioso, diferente até da minha família, eu extrapolo um pouco na minha curiosidade. Eu queria sair de Birigui, conhecer o mundo e essa parte da espiritualidade sempre foi um ponto para mim. E acrescentou: Sempre fui um buscador, um curioso, e nunca me encaixei em nenhuma religião, porque achava que com aqueles tabus todos, eu não sentia que o amor fluía tanto. Tinha tanto dedo apontado na cara, que me incomodava". O ator revelou que a doença foi o grande motivo que o incentivou a se aprofundar espiritualmente: "Na verdade, a grande chavinha que virou na minha vida para dar uma apronfundada na minha vida espiritual, começou com a minha doença, quando eu fiquei doente, em 2011. Porque ali foi turning point, acabou o chão para mim, eu falei: Meu Deus, de onde eu vim, para onde eu vou? Acabou a palhaçada do ego, tudo o que tinha importância, de uma certa forma, não fazia mais sentido para mim naquele momento. Não podia trabalhar, não podia beijar na boca, não podia ter relação sexual... não podia nada. E concluiu: Eu tive 6 meses para brigar, se não desse certo, seria o fim. o que eu quero dizer da minha doença foi que eu recebi tanto amor. Eu entrei em conexão, primeiro, com um lado muito profundo meu [...] e eu recebi muito amor.

Reynaldo Gianecchini relembra superação de doença em 2011: 'Ali acabou a palhaçada do ego'

Fotos: Gshow