quarta-feira, julho 26, 2017

Falando sério...! “Que gay o caralho, sou um ser humano”, diz Ney Matogrosso



Hum...! Não gostou do que viu...! Isso mesmo, o cantor tudo de bom.com, Ney Matogrosso,que  foi o grande homenageado do 28º Prêmio da Música Brasileira, que rolou na última quarta-feira (19/07).O cantor, que sempre  exaltou sua sexualidade no palco, fez questão de falar sobre ser um representante de uma minoria. “Me enquadrar como ‘o gay’ seria muito confortável para o sistema. Que gay o caralho. Eu sou um ser humano, uma pessoa. O que eu faço com a minha sexualidade não é a coisa mais importante na minha vida. Isso é um aspecto, de terceiro lugar”, disse ele ao jornal “Folha de S. Paulo”. Ney também falou sobre política e contou que não se alinha nem à esquerda nem à direita. “Estou mais preocupado com o ser humano. Se quiser me definir, diga que eu sou um humanista. Primeiro, não acho que existe esquerda e direita, a meta é a mesma para ambos os lados: a chave de cofre e o poder. Não tenho mais ilusões”, disparou o artista . O cantor ainda falou que chegou a sofrer preconceito nas críticas: “Fiquei dois anos sem ter meu nome publicado no “Jornal do Brasil” porque havia um editor que dizia que não publicava nome de travesti. Eu nunca fui um, nunca me considerei um travesti. Sou do sexo masculino, gosto de ter p**, não sei de onde ele tirou isso”.

Fonte: Superpride