segunda-feira, julho 24, 2017

De pior a pior...! No Brasil, a denúncia e o fim do fôlego da Economia


brasil-temer-cdes-20170307-001


Hum...! De mal a pior...! No Brasil, o recesso parlamentar costuma ser um período pacato e escasso em termos de notícias políticas e econômicas. Mesmo assim, o governo do presidente Michel Temer (PMDB), conseguiu a proeza de gerar uma agenda negativa para o mandatário, com o aumento de imposto sobre os combustíveis. Era o que Temer menos precisava agora. Logo depois do anúncio da medida, ele declarou, em viagem a Mendoza, que a população “irá compreender” a decisão. Veio com o blá-blá-blá de que ela será fundamental para cumprir a meta fiscal. Michel Temer deveria ter a coragem de admitir que a crise política em que o governo se meteu, tem grande parcela de culpa na redução de receita e no consequente reajuste de tributo.

Fonte: Blog de Robson Pires