sábado, maio 06, 2017

De luto...! O mundo LGBT do Brasil chora a morte da ativista Luana Muniz


Hum...! Lembra dela? Ela mesmo, a travesti Luana Muniz morreu, aos 56 anos, na manhã deste sábado( 06/05) no Rio de Janeiro(RJ), após complicações de problemas renais e de coração decorrentes de uma pneumonia bilateral. Ativista LGBT, ela estava em coma há uma semana no Ronaldo Gazolla, em Acari. O velório será neste domingo, dia ( 07/05), no Cemitério do Irajá, às 13:00 hs. O trabalho de Luana ganhou visibilidade após seu encontro com o Padre Fabio de Melo na quadra da Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira, em 2015. Na época, o religioso, durante um testemunho, admitiu seu preconceito e reconheceu seu erro ao julgar Luana, que comandava um projeto social na Lapa, onde vivia. “Quando Deus coloca essas pessoas diante de nós, é para desmoronar os castelos de ilusão que nós criamos dentro”, disse o padre.