sábado, maio 20, 2017

Dando pitaco...! Famosos soltam a voz contra a corrupção no Brasil



Resultado de imagem para susana vieira


Hum...! Poie é, a  classe artística do Brasil,  sempre foi acusada de ficar em cima do muro,  quando se trata de política. Não é o caso de todos. Muitos deles, como a atriz veterana, Susana Vieira, que foi para a rua protestar contra a corrupção, estão com os olhos grudados no noticiário desde que, em novas delações premiadas, o presidente da República Michel Temer(PMDB) e o senador mineiro Aécio Neves(PSDB),  aparecem atolados até o pescoço em várias acusações. “O Brasil foi saqueado de tudo que é lado. Não há inocentes até o momento ou até que se prove o contrário”, disparou a diva . Saiba o que os famosos, que se posicionaram a favor do impeachment de Dilma Rousseff ou apoiaram a candidatura de Aécio, pensam do atual momento do país.

Latino

Resultado de imagem para latino


“Aécio é meu amigo pessoal! Se ele errou, terá que pagar . Vivemos num país de hipocrisia, muitos sonegam, quem nunca levou vantagem de alguma coisa? Sou contra a corrupção e torço pra um país melhor, porém não posso julgar quem ainda não teve direito de resposta”.

Marcelo Serrado

Resultado de imagem para marcelo serrado

“Não me arrependo de ter me posicionado, fui contra ao governo anterior e ao que está aí. Eu era contra o Temer, é uma burrice achar que esse governo era uma solução. Não era solução de nada. Sou a favor das Diretas Já. Não dá para defender ninguém”.


Irene Ravache


“Os meio não justificam o fim. Não é porque nossa economia está começando a crescer que temos que acobertar. Acho que esse é um momento que não podemos deixar, é um momento de cobrança, de pressão”.


Milton Gonçalves


“Não quero falar do momento atual. Quero só falar do país como um todo, aquele que eu amo de paixão. Ele é lindo, maravilhoso e vai se reencontrar, se Deus quiser. Tenho meu partido, que é a minha visãoe o meu olhar, com base em tudo o que acreditei. Sou socialista”.


Alexandre Frota


"Sou mais um brasileiro que não suporta mais essa pilantragem, esse assalto que fizeram aos cofres públicos. Preteriram os brasileiros. Políticos vagabundos, charlatões. Não importa o partido, não importa o político. Tem que ir preso”.

Mauro Mendonça


“Estou triste, estamos vivendo um momento de luto. Quem gosta do Brasil fica chateado com esse ‘quanto pior melhor’”.

Fotos: Reprodução/Net