sábado, abril 01, 2017

Dito e feito...! A delação premiada da corrupção já chegou no RN, com 2 senadores e 2 deputados federais citados e



Hum...! Dito e feito...! A delação do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, pegou boa parte da bancada federal do Rio Grande do Norte, que teria recebido doações ilegais para campanhas. Dos 11 integrantes 4 deles, estão delatados por Sérgio Machado. São eles: o senador Garibaldi Filho (PMDB) que teria recebido R$ 200 mil da Queiroz Galvão e R$ 250 da Camargo Correia, ambas em 2010; o senador José Agripino Maia (DEM), que recebeu R$ 300 mil da Queiroz Galvão em 2010; o deputado federal Walter Alves (PMDB), que também R$ 250 mil da Queroz Galvão em 2010; eo também deputado federal Felipe Maia (DEM), que também recebeu R$ 250 mil da Queiroz Galvão.
Segundo Sérgio Machado são doações oficiais, mas viabilizadas através de vantagens indevidas oferecidas por empresas prestadoras de serviços da Transpetro.


Fonte: Blog do Barret.