quarta-feira, março 29, 2017

Uma vergonha de todas as cores...! A falta de segurança no Brasil


garibaldi_ccj


Hum...! Uma vergonha de todas as cores ...! Pois é, 04 em cada 10 brasileiros, já foram vítimas de assalto. A constatação foi feita pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), por meio de pesquisa encomendada ao Ibope. Diante deste resultado assustador, o senador potiguar, Garibaldi Filho (PMDB/RN), defendeu a necessidade de o governo federal implantar um Plano Nacional de Segurança,  que permita aos estados treinar, reaparelhar e aumentar o efetivo de suas polícias militar e civil. “Direi isso ao presidente Michel Temer, pois o governo precisa investir mais em segurança”, afirmou. O senador Garibaldi leu trechos de matéria veiculada pelo Jornal Nacional, da Rede Globo, em sua edição do dia 25 de março, sobre a pesquisa encomendada pela CNI. O Ibope apurou que a preocupação com a segurança está obrigando os brasileiros a modificarem seus hábitos e gastos. A pesquisa revelou que 82% dos brasileiros mantiveram ou aumentaram os cuidados com a segurança nos últimos 03 anos. Para muitos isso significou aproveitar menos a cidade e a vida. Citando os dados da pesquisa divulgados pelo Jornal Nacional, Garibaldi Filho informou que 7 em cada 10 brasileiros trocaram o percurso de casa para o trabalho, deixaram de visitar alguns bairros ou de sair à noite. Além disso, 03 em cada 04 pessoas ouvidas,  gastaram dinheiro para aumentar a segurança, instalando alarmes, grades e trancas e contratando seguros, etc e tal. “Hoje, o efetivo de qualquer polícia militar, a de qualquer estado do pais, é inteiramente defasado. Além disso, temos penitenciárias superlotadas e até a polícia civil sem poder realizar concursos para aumentar o número de seus policiais. As pessoas estão aterrorizadas não apenas nas capitais, pois a violência já chegou também às pequenas cidades”, lamentou Garibaldi Filho. Do Blog; como perguntar não ofende, como o senador GariBaldi Filho quer,  que o governo federal implante um Plano Nacional de Segurança, se foi o próprio Congresso Nacional, com o apoio do seu partido o PMDB,  que votou e aprovou a PEC que congela por 20 anos os gastos públicos.