quarta-feira, agosto 31, 2016

Muito merecido...! Sessão Solene da Assembleia Legislativa do RN, lembra os 10 anos da Lei Maria da Penha


penha


Hum...! Muito merecido...! A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte,  lembrou os 10 anos da Lei Maria da Penha,  durante sessão solene nesta quarta-feira, dia  (31/08) e na ocasião,  foram homenageadas 12 personalidades, entre autoridades e militantes do movimento feminista,  que atuam na prevenção e no combate à violência doméstica e familiar,  contra a mulher. Para a deputada Cristiane Dantas (PCdoB), propositora da sessão, o momento é de destacar os avanços da Lei Maria da Penha no Rio Grande do Norte e também de cobrar a ampliação do atendimento e proteção às mulheres que ainda são vítimas dos agressores. s do machismo e do racismo na nossa sociedade”, falou Cristiane. A deputada Cristiane Dantas,  é autora do projeto que criou a “Patrulha Maria da Penha Estadual” e do que institui agosto como “Mês de proteção à mulher”, aprovados pela Assembleia e sancionados pelo Executivo este ano. Na ocasião, a deputada aproveitou para cobrar ao Governo do Estado a criação de novas delegacias especializadas no atendimento à mulher, o funcionamento 24 horas das Delegacias Especializadas e o pronto-atendimento das mulheres agredidas no Instituto Técnico de Perícia, o ITEP e a contratação de mais profissionais para o atendimento psicossocial das famílias. A juíza de direito Fátima Soares falou em nome dos homenageados e disse que os 10 anos da Lei , fazem parte da luta permanente das entidades,  que buscam o combate à violência contra a mulher. “A Lei veio para dizer que é contra a violação dos direitos humanos. Espero que os nossos serviços permaneçam em luta para que possamos garantir a aplicabilidade”, disse a juíza, defendendo a ação integrada entre as instituições nos serviços de enfrentamento da lei. Estiveram presentes na sessão a deputada Márcia Maia (PSDB), a vereadora Júlia Arruda (PDT), a secretária de Trabalho e Ação Social, Julianne Faria; a secretária municipal de Políticas Públicas Para as Mulheres, Maria Aparecida França, a secretária adjunta da OAB, Priscila Fonseca; a presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Maria Zeneide Bezerra e a promotora de Justiça Érica Verícia Canuto.


Fonte e foto: AscomAL/RN