segunda-feira, agosto 01, 2016

Coisinhas do Brasil...! Cassação de Eduardo Cunha, pode ficar para depois das eleições


Hum...! Coisinhas do Brasil.. !A volta do recesso branco na Câmara dos Deputados nesta  segunda-feira, dia  (01/08) trará um desafio extra aos parlamentares federais.  Além de tentar atender as demandas do Palácio do Planalto na pauta econômica, eles ainda precisam discutir quando o processo de cassação do ex-presidente da Casa, deputado  Eduardo Cunha (PMDB-RJ) será votado. Cresce entre os líderes da Câmara Federal, o sentimento de que o processo acabe ficando para novembro, depois dos 2 turnos da eleição municipal. Colaboram para a demora o engajamento dos deputados na disputa pelas prefeituras e pelas câmaras de vereadores, que vai exigir uma maior presença dos candidatos na rua, e a pauta prevista na Casa para as primeiras duas semanas de agosto. Para cassar o mandato de um deputado,  é necessário maioria absoluta. Isso significa que 257 deputados votem a favor da punição prevista pelo Conselho de Ética no processo, por quebra de decoro parlamentar. Como as convenções acabam no dia 5 e a campanha oficialmente começa em 16 de agosto, há apenas uma janela disponível, entre os dias 8 e 10 de agosto, em que seria possível ter número suficiente para o processo ser analisado. 

Fonte: Terra.