terça-feira, julho 19, 2016

Negado...! Lewandowski nega todos os pedidios da defesa de Lula, e manda Sérgio Moro separar áudios que envolvem Lula na Lava Jato




Hum...! Em maus lençoís...! O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, determinou ontem, segunda-feira, dia (18/07), a separação de parte da investigação da Operação Lava Jato, que envolve o ex-presidente Lula e políticos com foro privilegiado. Os processos estão sob a condução do juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal em Curitiba(PR). No entendimento de Lewandowski, a parte da investigação em que Lula aparece em conversas grampeadas com políticos, deve ser separada para que o ministro Teori Zavascki, relator do processo, analise a legalidade da investigação ao retornar das férias, no dia 1º de agosto. Lewandowski decidiu a questão devido ao período de recesso na Corte. Na sua decisão, Lewandowski negou todos os pedidos dos advogados de Lula, mas entendeu que as gravações questionadas pela defesa devem seguir separadamente para não gerar nova nulidade das provas.



Fonte: UOL.