quinta-feira, julho 28, 2016

Em maus lençoís...! Henrique Alves, vira réu na Justiça de Brasília/DF, em ação antiga a partir de denúncia da sua ex-mulher Mônica Azambuja




Hum...! Em maus lençois...! O ex-deputadofederal e ex-ministro do turismo,  Henrique Eduardo  Alves (PMDB/RN),  agora é réu no polêmico processo que apura indícios de enriquecimento ilícito entre 1998 e 2002. Esse,  é aquele caso que causor espanto pelo Brasil à afora, por ele ter sido denunciado pela ex-mulher Mônica Azambuja e ter virado capa da revista IstoÉ, e que tinha sido arquivado,  mas,  agora foi desenterrado pela justiça    de Brasília(DF), que recebeu ação de improbidade administrativa contra o político. O juiz Arcelo Pinheiro decidiu pela publicidade dos autos, justificando o tema como de “interesse social”. Mas o processo não é totalmente público,  já que há documentos anexados ao processo,  que podem expor a privacidade do envolvido, como extratos bancários e faturas de cartão de crédito e dados fiscais, daí o magistrado ter determinado sigilo em relação a essas informações. Entre as irregularidades citadas nos autos processuais, está a movimentação financeira de mais de US$ 3 milhões de dólares americanos no exterior, e não declarada no Brasil. Isso somente em faturas de cartão de crédito  emitido no exterior, e de titularidade de Henrique Eduardo Alves. Caso seja condenado, Henrique Alves poderá ter que ressarcir os cofres publicos da União, ter os direitos políticos suspensos e ficar proibido de contratar com o poder público, entre outras sanções previstas na Lei 8.429/92. Do Blog: Quem viver verá em que tudo isso vai dar .

Foto: Reprodução/Net