segunda-feira, julho 18, 2016

Bem na foto...! O prefeito Marcos Fernandes, fala sobre o movimento grevista, e a populaçã apoia os dois lados



Hum...! Não poder é diferente de não querer...!Isso mesmo, pelo visto quem tá bem na foto com o povo de Umarizal(RN), é o prefeito Marcos Fernandes, que após participar no último sábado dia ( 16/07) de um programa na Radío Fm Fraternidade e falar sobre o movimento grevista do funcionalismo publico de Umarizal(RN). foi bastante elogiado nos quatro cantos da cidade. Na sua fala o prefeito mostrou-se democrático, coerente e aberto ao dialogo, reconheceu a veracidade do movimento e declarou que a causa é justa e merecida, mas, foi coerente, ao  afirmar, que a municipalidade não tem como atender o pleito dos grevistas, por questões eminentemente financeiras, onde falou sobre a sua proposta e explicou os porquês. O blog saiu as ruas para ouvir o que a população está pensado sobre o assunto e o que se viu, foi a população apoiando os dois lados. Ao mesmo tempo que reconhece que o funcionalismo ta com a razão de lutar pelo seus direitos, considerando o movimento justo e merecido, também apoia a maneira de como o prefeito Marcos Fernandes, vem se colocando frente ao movimento, por ser verdadeiro e democrático com os grevistas. A população reconhece as dificuldades do prefeito em atender o pleito dos grevistas, onde para muitos, apesar do movimento ser justo, o momento não é o melhor para uma greve, só porque é ano de eleição? pergunta uns,  a crise é geral,  afirma outros. Entre outros argumentos, eles citam a crise politica do país chamando de "bagunça", referenciando a 'saída' da presidenta Dilma, lembrando que  o Brasil assim como Umarizal(RN), tá sendo governado de forma interina. Do Blog: O que a gente percebeu que assim como os professores e  o prefeito, a população está preocupada  com os alunos , e pelo que visto,  já tem   pais querendo  tirar os filhos da rede municipal. Ai nesse caso perde todo mundo, todo mundo sabe que o co-financiamento da educação é referenciado pela número de metas atendidas,  ou seja, pelo número de alunos. Se estes migrarem para outra rede, os recursos que já são pouco vai diminuir mais ainda , e o que já tá tuim tende a piorar. Nesse caso o melhor mesmo, é um dialogo, onde não tenha vencidos e nem vencedores,  para se chegar a um consenso