terça-feira, junho 14, 2016

Pensando bem ...! A senadora potiguar, Fátima Bezerra pede fim da cultura da intolerância




Hum...! Falando sobre...! A senadora Fátima Bezerra(PT/RN),  solidarizou-se, nesta segunda-feira, dia ( 13/06 ), da tribuna do Plenário, com os familiares e amigos das vítimas do massacre,  ocorrido em uma boate gay em Orlando, nos Estados Unidos. Ela destacou que esse atentado é fruto da cultura da intolerância, que cresce, no país e no mundo a cada dia. Para Fátima, o atentado é bem representativo de todos aqueles crimes frutos do ódio e da intolerância, que não estão restritos à territorialidade dos Estados Unidos,  nem a uma religião, mas que se estendem a todo tipo de aversão, seja contra homossexuais, mulheres, negros, latinos etc. “Esse crime representa todos aqueles atentados diários que presenciamos contra os direitos humanos, fruto de um discurso de ódio que se expande a cada dia e que, em nosso País, tem sido alimentado, inclusive, por governantes e parlamentares”, destacou. A senadora lembrou que a cultura da intolerância acaba a formar cidadãos agressivos aos diferentes e que, em geral, as pessoas preconceituosas o são em várias áreas: são homofóbicas, ao mesmo tempo em que são machistas, racistas, intolerantes religiosos e desprezam pessoas de nível social inferior.

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado