segunda-feira, junho 27, 2016

Não é nada disso...! Ponto de vista de Padre Fábio de Melo, foi mal interpretado, gerando polemica pra lá equivocada


Foto: Gshow.

Hum...! Coberto de razão...! Nesta segunda-feira, dia (27/06), o tudo de bom.com, Padre Fábio de Melo, foi envolvido em mais uma polêmica, sm razão de ser. Ele ele está sendo acusado de machista após cair nas redes uma pregação feita em 2007. Na apresentação, ele diz: “Eu sempre digo, as mulheres que são agredidas fisicamente pelos seus maridos, no dia em que ela recebe a primeira agressão, ela que vai determinar para ele se ele vai ter o direito de agredi-la a vida inteira ou não. É o jeito como ela olha para ele. Não é nenhuma palavra, nenhum grito que vai dizer ‘não me bata’, mas é o seu jeito de ser mulher. O agressor só se torna agressor porque a vítima autoriza.” O padre acabou recebendo inúmeras críticas sem razão de ser e resolveu usar o Twitter para se defender. “Peço perdão. Eu nunca pretendi dizer que a vítima é culpada. Apenas salientei que a não denúncia reforça o agressor. É muito desconfortável ser promotor do que abominamos. Culpar a vítima é abominável. Se fui infeliz na linguagem, resta-me retratar”, escreveu. "Sempre refleti sobre o risco que uma relação afetiva tem de evoluir para o sequestro da subjetividade. Cresci entre as minorias. Nunca me distanciei dos sofrimentos que vi de perto. Por isto faço questão da retratação", completou. Do Blog: Mas na real, todo nós sabemos que em toda regra existe as exceções, é claro, que o assunto deve ser tratado cuidadosamente... mas eu entendi, o que o religioso quis passar com a mensagem , porque na real, a primeira bofetada acontece leva pela casualidade da situação, de forma inesperada, pela desigualdades de força, pelo calor da descussão etc e tal. Já a segunda, geralmente, é consequência da banalidade da primeira, seja por medo, vergonha, falta de apoio e encorajamento de enfrentar a situação, desigualdades de poderes, etc e mais. Mas, não podemos continuar amenizar esse tipo de situação, encorajando a falta de enfrentamento dela, temos que sermos mais enérgicos seja qual a situação e sua causa, e que de mais a mais, rotular o padre Fábio de Melo de machista, é um pouco demais, chega ser falta de noção, não é?

Padre Fabio de Melo fala sobre vídeo polêmico (Foto: Reprodução / Twitter)