quinta-feira, junho 09, 2016

Na mira da justiça...! Promotor de Justiça sugere investigação contra o MTST e seu coordenador

BOLIVIANO O filósofo Guilherme Boulos diz admirar os regimes adotados na Venezuela e na Bolívia (Foto: Filipe Redondo/ÉPOCA)


Hum...! Não escapa ninguém...! Deu na coluna Expresso do jornalista Murilo Ramos, que o promotor de Justiça, José Roberto de Oliveira, do Ministério Público Estadual de São Paulo( MPE/SP), decidiu encaminhar uma representação civil por “possível infração penal” à Central de Inquéritos Policiais e Processos Criminais (CIPP), órgão ligado ao Procurador-geral de Justiça de São Paulo. O objetivo é apurar irregularidades em manifestações realizadas pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e seu coordenador, Guilherme Boulos, na cidade de São Paulo(SP). Entre as razões da representação encaminhada pelo promotor, estão interdições de vias públicas e queimas de pneus.

Fonte: Época