segunda-feira, junho 13, 2016

Fato novo...! PGR pede ao STF que libere Moro para investigar Lula, Delcídio e mais 5 pessoas


PGR pede ao STF que libere Moro para investigar Lula, Delcídio e mais cinco pessoas José Cruz/Agência Brasil


Hum...! De olho no fato...! A Procuradoria-Geral da República (PGR) solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF),  que remeta ao juiz federal Sérgio Moro,  as investigações relativas ao ex-presidente Lula e ao senador cassado Delcídio Amaral. As informações são do Jornal Nacional. Em delação premiada, Delcídio acusou Lula de tentar evitar que Nestor Cerveró, ex-diretor da Petrobras, colaborasse com a Operação Lava-Jato. O ex-presidente acabou sendo denunciado por, supostamente, tentar obstruir as investigações. A acusação foi incluída na delação do ex-senador. Assim, o Lula só poderia ser investigado pelo STF. Mas como Delcídio perdeu o mandato, também perdeu o foro privilegiado. A PGR, então, segundo o Jornal Nacional, decidiu que não há mais motivos para o caso de Lula e Delcídio seguirem no STF. O procurador-geral, Rodrigo Jantot, pediu que o ex-presidente, o senador cassado e mais 5 pessoas,  passem a ser investigadas por Moro. A denúncia da PGR aponta que Lula, Delcídio e seu ex-chefe de gabinete, Diogo Ferreira, o amigo do ex-presidente José Carlos Bumlai e o filho dele, Maurício Bumlai, se juntaram para tentar comprar o silêncio de Cerveró. O Ministério Público sustentou a acusação e entendeu que Lula teve papel determinante no esquema. As demais investigações que envolvem Lula, relativas ao sítio em Atibaia e ao triplex em Guarujá, seguem no STF com o ministro Teori Zavascki, relator da Lava-Jato. O Instituto Lula declarou ao Jornal Nacional,  que o ex-presidente sempre agiu dentro da lei e refutou as acusações de Delcídio. Disse, ainda, que o ex-presidente já prestou esclarecimentos ao MP e ao STF. Os outros citados não se manifestaram ao JN.

Fonte: Zero Hora, com informações do Jornal Naciona